O exercício da generosidade

Como qualquer um, tenho ambições. Ambição é uma palavra que, aqui, abaixo da linha do Equador brazuca, é sinônimo de palavrão – como capitalismo, cultura clássica e lucro. Quando se menciona esta palavrinha, muita gente  se lembra de vilões de telenovela, invariavelmente empresários ricos ou vilãs dispostas a tudo para subir na vida, esse tipo de bobagem.

Quase são esquecidas as várias formas de ambição: material, intelectual, espiritual. Nenhuma delas é necessariamente ruim, mas as formas de exercê-las é que podem causar problemas tanto a mim quanto às pessoas que me cercam. E, em algum grau, temos todas as formas citadas, sendo que uma ou outra ganham certa prioridade.

A ambição da qual quero falar, no entanto, é outra, talvez a mais complicada, a mais difícil de se exercer e, paradoxalmente, a mais simples e suave. Lembrei-me dela ao ler este post do blog do Hiro contando sua visita ao estúdio-casa da lenda da ilustração Brad Holland. Holland recebeu o desconhecido brasileiro com simpatia e simplicidade, mostrou a casa, seus (belíssimos) trabalhos, conversou, lembrou-se de quando esteve em Florianopólis. Para quem não sabe, é mais ou menos como ser um cineasta iniciante (o Hiro não é um iniciante no mundo da ilustração, pelo contrário, mas mantenho a metáfora assim mesmo) sendo recebido, digamos, por Francis Ford Coppolla; um mergulhador por Jacques Costeau. E ser agraciado com generosidade e simpatia pelo mestre.

É esta generosidade que ambiciono ter, mais do que ser referência em alguma coisa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: