40 anos esta noite

No dia 02 de setembro, a Internet fez 40 anos. Em comemoração a esta data, os políticos brasileiros decidiram bocoitá-la, censurá-la, diminuir a sua (falo com você mesmo) participação, dirigi-la, de forma que possa ser a menos daninha possível aos interesses deles. A eterna tentação autoritária dá novamente as caras – na verdade, ela nunca se ausenta totalmente – da forma mais absurda, escancarada, ilógica; querem proibir até mesmo as charges políticas em tempos de eleição.

Não se engane: a sedução do tacape estende-se a todos os espectros políticos. Na reunião que tratou deste projeto, não houve uma única voz discordante. Da esquerda à direita, todos foram favoráveis ao cerceando da nossa liberdade. Foi preciso que o STF dissesse o óbvio, sobre a inconstitucionalidade do projeto, para que ele fosse revisto e desmontado – e ainda assim, corremos o risco desta estrovenga ser votada no Congresso.

Como sempre em se tratando de ideias equivocadas sobre a internet, há o dedinho do Eduardo Azeredo, que, mesmo após a gritaria contrária às restrições, ainda insiste em equipar o Youtube às concessões de rádio e TV. Já percebeu que, nos noticiários televisivos, sempre que um candidato é citado, logo em seguida entram notas sobre seus adversários? Não, não é uma tática jornalística; é uma imposição estatal. A mesma imposição que eles desejam estender a internet.

Para variar, o Brasil vai de vento em popa rumo ao passado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: