E-Books brasileiros: quando tudo começou

Ou melhor, quando começará, ou pelo menos, quando será o primeiro grande lançamento no formato: a editora Agir, nova casa de Rubem Fonseca, decidiu lançar seu novo romance em formato convencional e digital, O Seminarista, para Kindle e iPhone. Ainda será lançado pela mesma Agir e em parceira com a BlogBooks Deu no Blogão, do dramaturgo Aguinaldo Silva, mais ou menos na mesma época. Detalhes sobre o lançamento para o Kindle neste artigo do IDGNow!, em português.

Na verdade, segundo o mesmo artigo, a editora Ibis Libris, especializada em poesia, já oferecia alguns poucos títulos digitais. Há algumas complicações legais envolvendo o recolhimento de direitos autorais  e publicação em línguas que não o inglês, mas não dá para negar mais: as editoras estão se movendo para o mundo digital.

Em artigo no Portal Literal, Fonseca diz ter gostado do Kindle, mas acredita que o aparelho será “fogo de palha”. Eu discordo. Para nossa sorte,  a Agir (que pertence ao grupo Ediouro) também.

Posts relacionados:
Mais algumas ideias sobre os e-books

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: