O carpinteiro que tentou matar Hitler

Uma de minhas estranhas fixações quando penso em personagens é o sujeito ao contrário. Deixe-me explicar melhor: sempre imagino como seria a vida da pessoa que contraria as expectativas de seu grupo. O jogador de vôlei numa família de amantes do futebol, o advogado que não seguiu a carreira do pai mecânico, a militante que acaba por rejeitar os dogmas ideológicos de seus colegas. Não, não se trata de um interesse um tanto romântico pelos párias, rebeldes ou qualquer bobagem do gênero – isso seria ridículo. O que realmente me interessa é uma certa exacerbação da singularidade. Ora, é óbvio que somos todos únicos, mas, parafraseando muito mal Orwell, alguns são mais únicos do que outros. Isso os torna naturalmente interessantes – e imaginar tipos assim também é tentador, porque é uma forma bem simples e eficiente de mover uma história por meio dos conflitos enfrentados pelos personagens.

Claro, não tenho conhecimento para discutir seriamente sobre a adesão quase maciça do povo alemão aos delírios genocidas de um megalomaníaco. Deixo isso para especialistas; resumo-me a admitir que foi uma ilusão política coletiva, o que é sempre muito, muito perigoso. Talvez por isso mesmo a história de Georg Elser, um carpinteiro que quase conseguiu matar Hitler (nota rápida: como são sortudos estes ditadores), mas acabou preso e enviado a um campo de concentração, tenha chamado a minha atenção. Uma silhueta de aço de seu rosto medindo monstruosos 17 metros de altura será instalada em Berlim, bem na rua onde ficava o prédio administrativo de Hitler. A previsão é que o monumento seja inaugurado em 8 de novembro de 2011, celebrando os 72 anos do feito.

Claro, espera-se desde já que o nome de Elser apareça em livros e filmes – de preferência, sem Tom Cruise.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: